Jihad Hammadeh

História do Islam, UnivespTV

https://www.youtube.com/watch?v=BIAqQk6gp_0 Sheik Jihad Hassan Hammadeh, Presidente do Conselho de Ética da União Nacional das Entidades Islâmicas, fala com a jornalista Mônica Teixeira sobre a história do Islã. Clérigo formado pela…

Continuar lendo

Bin Laden mudou a vida dele – Isto É Gente

De tanto aparecer na televisão para explicar o Islamismo, o bem-humorado líder da comunidade muçulmana no Brasil se transforma em celebridade.

Fotos: Claudio Gatti
O xeque Jihad com o Corão na mesquita de São Bernardo do Campo e na tradicional reverência do Islamismo: “Islã quer dizer submissão ao Deus único, e não mau-humor”, diz

Desde o momento em que ficou clara a participação de extremistas muçulmanos nos atentados contra os Estados Unidos no dia 11 de setembro, o xeque Jihad Hassan Hammadeh, 36 anos, se tornou uma espécie de celebridade nacional. Ele apareceu em todos os canais de televisão explicando os conceitos da religião. Diante das câmeras, Jihad consegue ir além do simples repúdio aos ataques terroristas. Ele fala com fluência ímpar e usa o sorriso se mostrando íntimo das câmeras como se fosse um profissional da telinha. “Islã quer dizer submissão ao Deus único, e não mau-humor”, ensina. Nos momentos de fama, teve de responder a jornalistas se o hábito de usar barba seria uma imposição da cultura: “Não há regras para isso, eu uso porque sou muito feio e fico melhor com a rosto barbudo”, improvisou. Por conta da exposição na tevê, o religioso começou a ser reconhecido fora da comunidade muçulmana. “Hoje me param na rua para pedir autógrafos”, conta. (mais…)

Continuar lendo
Fechar Menu